Siga nossas Redes
'
');

POLICIAL

Caso Jonas Soprani: vereador Waldeir de Freitas se entrega a Polícia

Publicado

em

Vereador suspeito de mandar matar ativista é preso em BH

A Polícia Civil do Estado do Espírito Santo informou, nesta segunda-feira (29), que o vereador de Linhares, Waldeir de Freitas, se apresentou na superintendência da Polícia Civil, acompanhado de sua advogada.

De acordo com o Delegado, o vereador era considerado foragido da polícia e estava com um mandado de prisão preventiva em aberto contra ele. Waldeir é suspeito de mandar matar o ativista político Jonas Soprani.

Segundo a Polícia, o vereador se apresentou de forma espontânea e, por isso, não foi necessário usar algemas contra ele.

O vereador chegou a ser preso enquanto fazia um curso na cidade de Belo Horizonte (MG). No entanto, conseguiu ser liberado pela justiça. Um novo mandado de Prisão preventiva ocorreu no dia 03 de maio deste ano pela 1ª Vara Criminal de Linhares. Porém o vereador não havia se apresentado a nenhuma unidade prisional do Estado.

Na época, o delegado Thiago Cavalcante disse que “O Ministério Público representou, através de um recurso, o juiz deferiu e expediu um novo mandado de prisão, mas ele não foi preso ainda não, está foragido”, disse o Delegado Tiago Cavalcante.

O CASO

Jonas Soprani, conhecido ativista político e candidato a vereador no município de Linhares no ano de 2020, morreu assassinado dentro de um bar no bairro novo Horizonte. O homicídio aconteceu na noite do dia 23 de junho. Socorrido com vida, Jonas, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no Hospital Rio Doce.

Durante o socorro, Jonas estava consciente e disse à polícia não saber quem teria disparado contra ele.

A polícia prendeu, pouco menos de um mês após o ocorrido, dois suspeitos de terem participado da execução de Jonas. Os suspeitos são os irmãos gêmeos, Cosme Damasceno e Damião Damasceno.

SAIBA MAIS – Suspeitos de matar Jonas Soprani são presos em Cariacica

O terceiro suspeito apontado de ter participado do crime foi o vereador Waldeir, apontado como o mandante, conforme informou a Polícia Civil.

O vereador foi preso em Belo Horizonte (MG), local onde participava de um curso.

Redator do portal de notícias O Singular, com informações em matérias policiais, do cotidiano e de assuntos Políticos.

Continue Lendo
Advertisement

SEJA UM AGENTE DA INFORMAÇÃO

[email protected]

 (27) 99257-7565

Participe do nosso site enviando sugestões de conteúdo, fatos e os acontecimentos registrados por você. Seja um agente da informação! Seja diferente, seja Singular!

Advertisement

MAIS LIDAS