Siga nossas Redes

Responsabilidade social

Segundo Edital Doce tem inscrições abertas a projetos mineiros e capixabas até 29 de abril

Publicado

em

A Fundação Renova está com as inscrições abertas para a segunda edição do Edital Doce. O objetivo é selecionar e apoiar, com recurso financeiro próprio, projetos nas áreas de cultura, turismo, esporte e lazer nos estados do Espírito Santo e de Minas Gerais. O incentivo é direcionado a iniciativas, projetos inéditos ou existentes apresentados nas regiões atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 29 de abril de 2022.Podem participar pessoas físicas, microempreendedores, coletivos e grupos informais, organizações sem fins lucrativos e empresas atuantes nas áreas do turismo, cultura e esportes e lazer dos dois estados contemplados, com projetos com orçamentos entre R$ 25 mil e R$ 200 mil.

Nesta segunda edição, os eixos previstos são: Modalidade 1 – Edital de Projetos Sociais de Turismo, Cultura e Esporte; Modalidade 2 – Edital de Reparação do Lazer; e Modalidade 3 – Edital de Reparação das Referências Culturais.

Para esclarecer dúvidas e explicar como os projetos devem ser elaborados, serão realizadas oficinas on-line de 22 de março a 12 de abril, de acordo com cada modalidade. O detalhamento de horários (manhã, tarde e/ou noite), assim como as datas, deve ser consultado no site da Fundação Renova. A primeira edição do Edital Doce, realizada em 2019 em Minas Gerais e em 2020 no Espírito Santo, contemplou mais de 220 projetos, que receberam R$ 13,5 milhões no total.

As inscrições podem ser feitas no site da Fundação Renova https://www.fundacaorenova.org/edital-doce-2022/.

Outras informações estão disponíveis pelo telefone 0800 031 2303 ou pelo site www.fundacaorenova.org/fale-conosco .

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi instituída por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Publicitário, acadêmico de Direito e redator do Portal de Notícias O Singular. Escrevo notícias de diversas categorias, como: Geral, Política, Fé e de utilidade pública.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement

SEJA UM AGENTE DA INFORMAÇÃO

[email protected]

 (27) 99257-7565

Participe do nosso site enviando sugestões de conteúdo, fatos e os acontecimentos registrados por você. Seja um agente da informação! Seja diferente, seja Singular!

Advertisement

MAIS LIDAS