Siga nossas Redes
'
');

SAÚDE

Covid-19: vacinação em crianças acima dos 3 anos continua em Linhares

Publicado

em

Continua em Linhares a vacinação contra a Covid-19 em crianças a partir de 3 anos de idade. A medida, garantida pela autorização de uso da CoronaVac pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para esse público, amplia a campanha municipal de vacinação, que contemplava até o momento apenas as crianças de 5 a 11 anos. As crianças entre 3 e 4 anos são vacinadas com a Coronavac e as de 5 anos com a Pfizer.

Para receber a vacina, é preciso se dirigir a uma das 31 salas de vacinação dos bairros ou do interior, das 7h30min às 16 horas, e apresentar documento de identidade do pai, mãe ou responsável legal e da criança. Os pais ou responsáveis legais devem estar presentes no momento ou a pessoa que estiver acompanhando a criança durante a vacinação deve apresentar autorização. Não é necessário agendamento.

Em Linhares, às segundas, terças e quartas-feiras há horário estendido em três unidades básicas de saúde: Caic (Interlagos), Planalto e Bebedouro, até às 20 horas. E aos sábados, das 8 às 12 horas, na sede da Unidade Sanitária de Linhares (USL) – antigo Hospital Talma, no bairro Colina, das 8 às 12 horas.

O secretário municipal de Saúde, Saulo Rodrigues Meirelles, enfatiza que a permissão de uso da CoronaVac para crianças menores de 5 anos representa um avanço importante para a saúde pública do município.

“Estamos felizes em dar mais esse passo, ampliando a faixa etária das crianças que podem ser vacinadas e protegidas contra o coronavírus. A imunização continua a ser a principal arma na luta contra a Covid e a prefeitura, desde que as vacinas foram liberadas, trabalha sem descanso para alcançar a maior parcela possível da população”, destaca Saulo.

Jacklene Ramos, diretora de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Linhares, pede que os pais atualizem a caderneta de vacinação de seus filhos e façam o acompanhamento das idades e intervalos em que as doses devem ser aplicadas.

“Esperamos uma participação efetiva das famílias que têm crianças entre 3 e 5 anos de idade e também pedimos que as maiores de 5 anos que receberam a primeira e não retornaram para a segunda dose, sejam levadas aos postos de vacinação o quanto antes”, orienta.

Publicitário, acadêmico de Direito e redator do Portal de Notícias O Singular. Escrevo notícias de diversas categorias, como: Geral, Política, Fé e de utilidade pública.

Continue Lendo
Advertisement

SEJA UM AGENTE DA INFORMAÇÃO

[email protected]

 (27) 99257-7565

Participe do nosso site enviando sugestões de conteúdo, fatos e os acontecimentos registrados por você. Seja um agente da informação! Seja diferente, seja Singular!

Advertisement

MAIS LIDAS