Siga nossas Redes

Esporte

Bruno Schmidt e Evandro perdem para letões e estão fora dos Jogos

Publicado

em

Alison e Álvaro Dias disputam uma vaga na manhã desta segunda-feira (02), contra mexicanos

Bruno Schmidt e Evandro perderam para Plavins e Tocs, da Letônia, nas oitavas de final do vôlei de praia. Em 2 sets a 0, parciais 21/19 e 21/18, a dupla brasileira se despede das Olimpíadas de Tóquio.

A partida foi disputada no Parque Shiokaze, sob uma sensação térmica de 40°, apesar da chuva que atingiu a quadra no final do jogo. Evandro e Bruno Schmidt erraram mais – cederam 13 pontos contra apenas 5 dos adversários.

Com a vitória sobre Bruno Schmidt e Evandro, Plavins e Tocs podem ter outra dupla brasileira pelo caminho nas quartas de final. Eles aguardam o resultado do confronto entre Alison/Álvaro Filho e os mexicanos Gaxiola/Rubio, na manhã desta segunda-feira (03).

A atuação excelente de Plavins foi essencial para chegar à vitória. “Queria estender esse torneio o máximo possível, mas estou feliz também por estar aqui, porque há quatro meses eu nem sabia se poderia disputar as Olimpíadas. A gente errou muito no primeiro set e isso fez crescer o jogo deles, principalmente defensivamente. Faltou um pouco de vibração, mas o meu balanço pessoal é que eu fiz o meu máximo nessa Olimpíada”, declarou Bruno Schmidt

Bruno Schmidt: vitória da vida

Campeão nas Olimpíadas do Rio 2016, o “Mágico” tentava sua segunda medalha olímpica depois de ficar internado em decorrência da Covid-19. Evandro, por sua vez, buscava seu primeiro pódio nos Jogos em sua segunda participação.

Apesar da derrota, o Brasil pode comemorar uma grande vitória de Bruno. O campeão olímpico de vôlei de praia, aos 34 anos, passou cinco dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Vila Velha. Ele ficou internado com um quadro grave de pneumonia, decorrente de covid-19, que deixou boa parte do pulmão comprometido.

Após sair do hospital, em fevereiro deste ano, Bruno precisou de dedicar ainda mais aos treinos físicos e técnicos, além de muita fisioterapia. Ao lado de Evandro, chegou a desistir de uma das etapas do mundial para poder chegar inteiro às Olimpíadas. E chegou. A derrota nas quadras faz parte do esporte.

O bom é que os treinos continuam e ainda podemos ver grandes atuações do “Mágico” em quadra.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement

SEJA UM AGENTE DA INFORMAÇÃO

[email protected]

 (27) 99257-7565

Participe do nosso site enviando sugestões de conteúdo, fatos e os acontecimentos registrados por você. Seja um agente da informação! Seja diferente, seja Singular!

Advertisement

MAIS LIDAS