Siga nossas Redes
'
');

ELEIÇÕES 2022

Cartilha do TSE reúne tudo o que pode e o que não pode no dia de votar

Publicado

em

A data das Eleições 2022 está chegando e sabe aquelas dúvidas que você tem sobre o que deve levar no dia da votação, o que pode e o que não pode, como confiar na segurança da urna eletrônica, entre outras, para votar mais tranquilo?

De acordo com o TSE, todas essas dúvidas foram respondidas na cartilha “Guia do Eleitor consciente – Todos fazem a Eleição!”, produzida pela Secretaria de Comunicação e Multimídia (Secom) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em parceira com outras áreas do Tribunal.

O material, que reúne as principais informações que toda eleitora e todo eleitor precisa saber, está disponível para download no Portal do TSE neste link do Catálogo de Publicações do Tribunal.

A cartilha tem apenas doze páginas e é leitura obrigatória para quem quer votar com tranquilidade, com todas as informações na mão.

Mas a cartilha não é voltada apenas para cidadãs e cidadãos. A imprensa vai encontrar no material informações oficiais, verdadeiras e produzidas de forma bem didática, para apoiá-la na divulgação de temas essenciais sobre as Eleições 2022.

Veja abaixo um breve resumo dos principais tópicos da cartilha.

  • Todas aquelas dúvidas mais comuns estão respondidas no material, como o que pode e o que não pode no dia da eleição, como justificar a ausência às urnas, e como conferir se uma informação recebida nos grupos da família ou de amigos é fato ou boato. Porque isso é responsabilidade de todos, e nesse assunto, vale a regra: na dúvida, não compartilhe.
  • Tem também aquelas dicas essenciais para o voto consciente, como, por exemplo, o que é preciso levar para votar e a importância de conhecer as candidatas e os candidatos antes do dia da eleição.

E para isso, o TSE tem uma ferramenta que é um grande aliado: o site DivulgaCandContas. Por meio dele, os eleitores podem obter informações diversas sobre seus candidatos, incluindo o número de votação, gastos financeiros, informações partidárias, dados sobre os bens, entre outras.

  • O capítulo “Caminho do voto” mostra o que acontece depois que a eleitora ou o eleitor aperta o botão “Confirma” da urna eletrônica, lembrando que ela é codificada e os programas, todos, assinados digitalmente.
  • A zerésima, o Boletim de Urna e o Registro Digital de Voto, importantes instrumentos de segurança do processo eletrônico de votação, também são destacados, ganhando na cartilha uma definição simples e bem acessível a todos.
  • Tem ainda uma breve explicação sobre a totalização, lembrando que, do registro dos votos até o resultado final, o processo é totalmente digital, criptografo e seguro. Resumindo: é 0% de intervenção humana e 100% de segurança.

Como pode ser verificado, participar da chamada festa da Democracia, votar de maneira segura e com tranquilidade, e mais bem informado, ficou bem mais fácil.

Publicitário, acadêmico de Direito e redator do Portal de Notícias O Singular. Escrevo notícias de diversas categorias, como: Geral, Política, Fé e de utilidade pública.

Continue Lendo
Advertisement

SEJA UM AGENTE DA INFORMAÇÃO

[email protected]

 (27) 99257-7565

Participe do nosso site enviando sugestões de conteúdo, fatos e os acontecimentos registrados por você. Seja um agente da informação! Seja diferente, seja Singular!

Advertisement

MAIS LIDAS