Siga nossas Redes

JOÃO NEIVA

Justiça arquiva definitivamente processo de cassação contra vereador de João Neiva, Lucas Recla

Publicado

em

O judiciário decidiu, na última semana, arquivar definitivamente o processo que pedia a cassação do vereador de João Neiva, Lucas Recla, por uma suposta “quebra de decoro parlamentar”.

De acordo com Lucas Recla, o processo “foi na realidade uma manobra que tinha como objetivo, desviar um certo assunto em questão, que tinha como foco as denúncias que eu tinha feito em minhas redes sociais sobre algumas possíveis irregularidades em licitações do Executivo e o envolvimento de um vereador do município em favorecimento de seus filhos no Centro de Orientação e Encaminhamento Profissional (COEP) – Programa de Aprendizagem e Estágio”.

ENTENDA O CASO:

O Vereador Lucas publicou em suas redes sociais possíveis irregularidades na seleção de alunos para o COEP. Em suas redes sociais, Lucas apontou que houve possíveis direcionamentos do Executivo em benefício de um Vereador.

Segundo Lucas, seu opositor político, não satisfeito com sua publicação, acionou seu partido Republicanos para instaurar um processo de cassação, sob a justificativa de quebra de decoro parlamentar.

VEREADOR MARCELO

Na época, o vereador Marcelo disse que pediu respeito, pois se sentiu desrespeitado ao ter sua família exposta durante um ato fiscalizatório do vereador Lucas.

ÁUDIO DA SESSÃO

De acordo com o áudio gravado durante toda a sessão ordinária, as discussões ficaram acaloradas após uma troca de farpas entre dois vereadores do Município. Segundo fontes ligadas à casa legislativa, parte da plateia era de pessoas próximas ao vereador Marcelo.

Conforme informou o vereador Marcelo, os participantes da plateia são, sim, pessoas próximas a sua esposa e das famílias dos jovens que fazem parte do programa jovem aprendiz (COEP). No entanto, Marcelo disse que sua esposa usou a tribuna para falar sobre o caso, e por isso a plateia se concentrou na casa para acompanhar sua família. “não foi para atacar”, disse Marcelo.

Após o arquivamento, sob a presunção de inocência e supressão de ritos dentro do processo administrativo, o Vereador Lucas foi inocentado da acusação e o processo foi extinto com resolução do mérito.

Redator do portal de notícias O Singular, com informações em matérias policiais, do cotidiano e de assuntos Políticos.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement

SEJA UM AGENTE DA INFORMAÇÃO

[email protected]

 (27) 99257-7565

Participe do nosso site enviando sugestões de conteúdo, fatos e os acontecimentos registrados por você. Seja um agente da informação! Seja diferente, seja Singular!

Advertisement

MAIS LIDAS