Siga nossas Redes
'
');

NOTÍCIAS DE LINHARES

Mais de 120 metros de cabeamento de cobre são furtados em obra na Linha Verde

Publicado

em

O furto e a depredação de equipamentos públicos são problemas que ainda ocorrem em Linhares. Junto aos delitos mais comuns, como o furto de placas, materiais de sinalização e vandalismo em lixeiras, existe também o furto da fiação pública de eletricidade.

Os fios de energia elétrica são subtraídos principalmente para o derretimento do cobre, presente em sua estrutura interna, e são supostamente vendidos no comércio ilegal do metal condutor. A Prefeitura de Linhares está atenta aos fatos e trabalha para evitar essas infrações.

Mas, infelizmente, no início desta semana, registrou o furto de 120 metros de cabeamento do sistema de iluminação pública (os cabos de 10mm² possuem fios de cobre), cujo projeto é executado pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semob), no entorno da Linha Verde, no bairro Lagoa do Meio. O prejuízo aos cofres públicos é de quase R$ 4 mil.

“Temos observado o furto de cabos de cobre com certa frequência em Linhares. O material, que é altamente maleável, tem um grande valor de mercado e atrai os criminosos, que furtam para venda. O Município e a Polícia Civil já realizam um trabalho para buscar os receptores de fios de cobre, mas contamos com a colaboração da população para denunciar esses casos, pois geram ônus a todos”, diz o secretário de Obras e Serviços Urbanos, João Cleber Bianchi.

A prática do furto também representa alto risco de morte, pois, dependendo da linha alimentadora, a carga de energia elétrica pode matar ao menor contato.

Crime contra o patrimônio

A retirada ilegal dos fios se enquadra como furto qualificado mediante destreza ou escalada, previsto no artigo 155 do Código Penal, com previsão de dois a oito anos de prisão.

O secretário João Cléber Bianchi lembra que situações dessa natureza, como o furto de bens públicos, devem ser denunciadas. “É muito importante que as pessoas denunciem esse tipo de comércio ilegal que traz tanto prejuízo para a sinalização e a iluminação públicas, pois dessa forma a Guarda Municipal e as polícias Civil e Militar poderão coibir ainda mais esses crimes”, frisou o secretário João Cléber Bianchi.

As denúncias de crimes e atividades suspeitas podem ser feitas pelos telefones 153 (Guarda Civil Municipal), 190 da Polícia Militar; no Plantão 24 horas da 16ª Delegacia Regional de Linhares, no (27) 3171 4955, ou diretamente com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, nos telefones (27) 3372 2117 e 98132 1297.

Publicitário, acadêmico de Direito e redator do Portal de Notícias O Singular. Escrevo notícias de diversas categorias, como: Geral, Política, Fé e de utilidade pública.

Continue Lendo
Advertisement

SEJA UM AGENTE DA INFORMAÇÃO

[email protected]

 (27) 99257-7565

Participe do nosso site enviando sugestões de conteúdo, fatos e os acontecimentos registrados por você. Seja um agente da informação! Seja diferente, seja Singular!

Advertisement

MAIS LIDAS