Siga nossas Redes
'
');

GERAL

Inscrições para 2.500 vagas da CNH Social já estão abertas.

Publicado

em

CNH SOCIAL

Lançado em 2011 pelo governador Renato Casagrande, o CNH Social oferece formação, qualificação e habilitação profissional para condutores de veículos com vistas à possibilidade de ingresso no mercado de trabalho. Relançado em 2019, em quatro anos da atual gestão, serão ofertadas 25 mil carteiras de motorista gratuitamente. Para dar mais efetividade ao programa, a nova gestão implantou a chamada única de suplentes após desclassificação de candidatos, depois de os mesmos não respeitarem prazos estabelecidos no processo de Habilitação.

Também foi dado um foco a mais na capacitação profissional e, para tanto, o Governo do Estado aumentou a quantidade de vagas voltadas para Adição de Categoria A e B, e Mudança de Categoria D ou E, visando oportunizar aos condutores a inserção no mercado de trabalho e o aumento da empregabilidade.

O programa passou a contar também, a partir de 2019, com um novo formato: é composto por três etapas: a Etapa de Formação, que compreende o processo de habilitação, de acordo com a legislação nacional.

CNH SOCIAL 2021 GRATUITA

Nesta terça-feira (13), o Governo do Estado do ES lançou a 2ª fase do programa CNH Social 2021. De acordo com o Detran-ES, essa fase conta com 2.500 vagas da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), de forma gratuita. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo site www.detran.es.gov.br, até o dia 22 de julho, às 23h59min.

Somente este ano, já foram ofertadas 3.000 mil vagas na 1ª fase do programa e ainda serão disponibilizadas mais 2.500 na 3º fase, totalizando 8.000 carteiras de motorista e um investimento de R$ 11 milhões no CNH Social em 2021.

“No sábado [10], encontrei um garçom em Conceição da Barra que veio agradecer pela carteira que ofertamos a ele pelo CNH Social em nosso primeiro governo. Esse programa anima e motiva as pessoas. Tirar a carteira é caro e é muito bom estar lançando mais 2500 oportunidades nesse momento de pandemia. O objetivo é gerar oportunidades às pessoas e o poder público tem de fazer isso, principalmente nesse momento de crise em que vivemos. Pois os mais vulneráveis ficam ainda mais vulneráveis e é momento de jogar peso grande no trabalho de proteção social”, afirmou o governador.

REQUISITOS

Como requisitos para inscrição, é necessário que o interessado esteja registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com os dados atualizados nos últimos 24 meses até o dia 11 de junho de 2021, além de ter mais de 18 anos completos no momento da inscrição, residir no Espírito Santo, ter renda familiar de até dois salários mínimos e não estar judicialmente impedido de possuir a CNH. Serão reservadas 5% das inscrições para as pessoas com deficiência.

RESULTADO

O resultado da 2º fase será divulgado no site do Detran|ES no dia 27 de julho, às 12h. Os candidatos que não forem selecionados nesta lista terão ainda uma nova oportunidade de serem contemplados na chamada única de suplentes, que será divulgada no dia 02 de setembro, às 12h, no site do Detran|ES. A lista de suplentes tem o objetivo de preencher as vagas remanescentes após desclassificação dos candidatos que não respeitarem os prazos estabelecidos no processo de Habilitação.

Também estiveram presentes no lançamento, a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; os secretários de Estado, coronel Alexandre Ramalho (Segurança Pública e Defesa Social), coronel Aguiar (Casa Militar), Severino Alves (Assistência Social/Interino); o prefeito de Dores do Rio Preto, Ninho; além de vereadores e lideranças de vários municípios.

INSCRIÇÃO

Para se inscrever, o interessado deverá acessar o site www.detran.es.gov.br, na aba ‘CNH Social’, à esquerda, e inserir as informações pessoais solicitadas. Todos os dados informados devem conferir precisamente com as informações constantes no CadÚnico.

O candidato deverá selecionar a categoria desejada, entre as seguintes opções: Primeira Habilitação categoria A (moto) ou Primeira Habilitação B (carro) para quem quer tirar sua primeira carteira de motorista. Quem já tem carteira de motorista poderá selecionar Adição de categoria A (moto), Adição de Categoria B (carro), Mudança para Categoria D (ex.: van e ônibus) ou Mudança de Categoria E (ex.: caminhão e carreta). Vale destacar que, após realizada a inscrição, não é possível modificar a categoria escolhida.

Após obter a habilitação, os beneficiários passam pela Etapa de Sensibilização pela Vida no Trânsito, que tem o objetivo de impactar os novos condutores e aqueles que fazem adição ou mudança de categoria sobre os riscos e consequências de atos indevidos nas vias, para que os beneficiários possam se comprometer em conduzir com prudência e responsabilidade no trânsito.

Aqueles que tiverem interesse também poderão passar pela terceira e última Etapa: a de Capacitação, que oferece Cursos Especializados e atualização para condutores profissionais visando capacitar e qualificar os condutores a fim de profissionalizá-los, aumentando assim a possibilidade de serem empregados. São oferecidos os seguintes Cursos Especializados: Transporte de Produtos Perigosos, Transporte de Escolar, Transporte de Passageiros, Transporte de Carga Indivisível e Transporte de Veículos de Emergência.

Depoimentos

Alexandre Henrique dos Santos, de 23 anos, está desempregado e recebeu sua 1ª habilitação no evento. “Era meu sonho ter a habilitação para poder trabalhar com carro de aplicativo, mas eu não tinha condições de pagar. Agora que estou habilitado será mais fácil buscar emprego. Agradeço muito essa oportunidade. O CNH Social vai ajudar muita gente como eu”, acredita.

Para Mikele Damasceno, de 30 anos, a mudança de categoria será a oportunidade de conduzir ônibus. “Todo o processo de mudança de categoria foi bem rápido. Estou muito feliz e, com certeza, essa habilitação vai ampliar minhas chances de conseguir um emprego. Dirigir ônibus será mais um desafio na minha vida como mulher e acredito que vou realizar esse sonho”, contou.

NÚMERO DE HABILITADOS NO ESTADO DO ES EM 2020.

De acordo com uma levantamento de dados do DETRAN-ES, em abril de 2020, o estado do Espírito Santo possuía cerca de 1.507.243, ou seja, mais de um milhão de pessoas de pessoas com algum tipo de habilitação. Segundo o Detran-ES, 630 mil pessoas possuíam a habilitação A e B, já outras 576 mil estavam habilitados pela categoria B. CONFIRA AQUI OS DADOS COMPLETOS.

Publicitário, acadêmico de Direito e redator do Portal de Notícias O Singular. Escrevo notícias de diversas categorias, como: Geral, Política, Fé e de utilidade pública.

Continue Lendo
3 Comments

3 Comments

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Advertisement

    SEJA UM AGENTE DA INFORMAÇÃO

    [email protected]

     (27) 99257-7565

    Participe do nosso site enviando sugestões de conteúdo, fatos e os acontecimentos registrados por você. Seja um agente da informação! Seja diferente, seja Singular!

    Advertisement

    MAIS LIDAS