Siga nossas Redes

POLICIAL

Guarda Municipal de Marataízes prende mulher procurada pela PF

Publicado

em

Ela estava foragida da justica federal após ser condenada como informante do roubo dos Correios no sul do Estado.

A Guarda Municipal de Marataízes cumpriu um mandado de prisão em desfavor de uma mulher condenada e que estava foragida da Justiça Federal. A ação ocorreu na noite de ontem, dia 09 de outurbo.

Anteriormente, policiais federais da Delegacia de Cachoeiro de Itapemirim estiveram na cidade tentando localizar a mulher. Mas, ela não estava no local presumido pela PF. Assim, os policiais dividiram as informações relativas ao caso com integrantes da Guarda Municipal. E os policiais redobraram a atenção à procura dela no município.

Guarda Municipal de Marataízes

Na noite de ontem, a guarnição de plantão localizou e prendeu a foragida em um bar. Ela permanecerá sob custódia na delegacia de Itapemirim, até ser transferida para o sistema penal.

Então, na manhã deste sábado, a Polícia Federal emitiu uma nota, definindo como “excelente”, o trabalho desenvolvido pelas Guardas Municipais. Ainda segundo a nota, “a cooperação entre as instituições é o melhor caminho no combate ao crime, como demonstrou essa ação”. As guardas-muncipais têm sido parceiras da Polícia federal em diversas situações.

Entenda o caso

A mulher era funcionária de uma agência dos Correios. E foi condenada por ter fornecido informações para criminosos roubarem a agência dos Correios no sul do Estado.

Por isso, a pena foi de 4 anos e 4 meses pela 1ª Vara Federal Criminal de Cachoeiro de Itapemirim, pelo crime de Peculato (Art. 312, § 1º).

Peculato

Art. 312. Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio:

§ 1º – Aplica-se a mesma pena, se o funcionário público, embora não tendo a posse do dinheiro, valor ou bem, o subtrai, ou concorre para que seja subtraído, em proveito próprio ou alheio, valendo-se de facilidade que lhe proporciona a qualidade de funcionário.

Pena – reclusão, de 02 (dois) a 12 (doze) anos. 

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement

SEJA UM AGENTE DA INFORMAÇÃO

[email protected]

 (27) 99257-7565

Participe do nosso site enviando sugestões de conteúdo, fatos e os acontecimentos registrados por você. Seja um agente da informação! Seja diferente, seja Singular!

Advertisement

MAIS LIDAS